Centro de Memória

21/09/2016 17:06

Centro de Memória da Bahia difunde história e memória da Bahia através do Conversando com a sua História

Conversando com a sua história Especial 30 anos CMB, com informações da palestra
Fortalecendo as celebrações das três décadas de existência, durante todas se segundas do mês de setembro, o Centro de Memória da Bahia realiza o tradicional encontro do Conversando com a sua História. Nesta segunda-feira (26), às 17h, o Conversando Especial 30 anos CMB abordará “Pesquisa e Pesquisadores no Centro de Memória da Bahia”. A atividade terá participação do professor de História da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Antônio Luigi Negro; e do professor de História da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Paulo Santos Silva. A atividade oferece certificado de atividades complementares para os participantes do bate-papo, com a carga horária de duas horas por palestra.

Há 30 anos o Centro de Memória da Bahia – vinculado à Fundação Pedro Calmon/ SecultBA, é responsável pelo recolhimento, salvaguarda e preservação de acervos documentais de valor histórico, apoia e desenvolve pesquisas sobre a história da Bahia e incentiva a montagem de espaços de memória do estado. Através do Conversando com a sua História (CSH), atividade que acontece periodicamente na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, conhecida como Biblioteca dos Barris, o CMB promove a difusão do
conhecimento histórico sobre o estado e a sua memória.

Memórias contemporâneas – Em outubro e novembro, no Conversando com a sua História, serão debatidas as memórias contemporâneas sobre a cultura e a política na Bahia. Personagens que vivenciaram os processos e pesquisadores abordarão a influência de instituições educacionais e culturais na formação do campo cultural e artístico baiano da segunda metade do século XX, a relação de organizações e movimentos sociais com o campo da cultura, e como as linguagens artísticas refletiram e foram protagonistas das disputas identitárias.

CMB - O Centro de Memória da Bahia (CMB), unidade da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA), tem como objetivo a difusão da história da Bahia, através da preservação e ordenação de arquivos privados e personalidades públicas, bem como a realização de exposições, seminários e cursos de formação gratuitos. Entre suas funções, é responsável pelo Memorial dos Governadores Republicanos da Bahia (MGRB), localizado no Palácio Rio Branco, no Centro Histórico de Salvador. Saiba mais sobre o Centro de Memória da Bahia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.