Centro de Memória

19/04/2017 16:30

O negro na construção das ferrovias brasileiras é tema do próximo Conversando com a sua História

Card Robério Souza
A edição do Conversando com a sua História da próxima terça-feira (25) traz como tema “E quando fora de si os chamam de negros: a experiência negra, ofensas raciais e luta por direitos nas estradas de ferro do Brasil, no séc. XIX”. O bate-papo tem entrada gratuita, aberta ao público, no Espaço Xisto, às 17h.

Facilitador do evento, o pesquisador Robério Souza é professor Adjunto de História do Brasil da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), com doutorado em História Social pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Suas pesquisas concentram-se na área de História Social do Trabalho e História Social da Cultura, além de integrar o Grupo de Pesquisa Escravidão e Invenção da Liberdade, da Universidade Federal da Bahia.

Na pauta de assuntos estão as negociações e íntimas relações entre os empresários e empreiteiros das ferrovias, incluindo os ingleses, e os proprietários escravistas a partir da segunda metade do século XIX, durante a construção das ferrovias no Brasil.

À época ainda existia a escravidão e a lei do Império que proibia o emprego de escravos nas obras, o que não impediu que a escravidão se estendesse aos empreendimento ferroviários daquele tempo.

Ainda como parte da discussão, o professor irá expor situações de negros que estavam nas obras cumprindo acordos entre seus proprietários e os empreiteiros das ferrovias, bem como a daqueles que eram escravos fugidos, movidos pelo sonho de conquistar a liberdade.

O Conversando com a sua História, projeto do Centro de Memória da Bahia, vinculado à Fundação Pedro Calmon/SecultBa, é aberto ao público, tem certificado parcial ou total e não é necessária inscrição para participar.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.