Fundação Pedro Calmon

07/08/2017 17:40

#Flipelô - Escritora Alexandra Lucas Coelho fará Conferência sobre livro "Deus Dará" e Roda de Conversa com escritores

flipelo
De 10 a 13 de agosto, o Pelourinho será palco de muita Literatura, Leitura e diversas linguagens em torno dos livros e das letras. Será a Festa Literária Internacional do Pelourinho – a FLIPELÔ. Nela, a Fundação Pedro Calmon/SecultBA, pautará o conhecimento e sua produção na região histórica, por meio de atividades gratuitas e especiais. A Flipelô é o primeiro evento do gênero, sediado em Salvador e terá programação em diversos pontos, abertas ao público.

Dentre os destaques da programação da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, estará em Salvador a escritora e jornalista lisboeta Alexandra Lucas Coelho, que falará de seu mais recente trabalho, o romance Deus Dará, lançado em 2016. O livro se passa no Rio de Janeiro contemporâneo e, ao mesmo tempo percorre 500 anos de história entre Portugal e Brasil. A obra da portuguesa está dentre os cinco finalistas do Grande Prêmio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores, prêmio que já conquistou com seu primeiro romance(“E a Noite Roda (2012)”.


Na Flipelô, dia 10 de agosto (quinta-feira), Alexandra Lucas Coelho apresentará seu livro ao público na Conferência “Deus-dará: um livro que vem da Bahia e vai para a Bahia”. Será às 18h30, na Arena do SESC Pelourinho. Já no dia 12 (sábado), às 15h, Alexandra estará com escritores baianos e estudiosos, em uma Roda de Conversa, no Centro de Formação em Artes da Funceb. Na ocasião, que será aberta ao público, a escritora refletirá, em conjunto, sobre a realidade de nosso idioma em termos globais, abordando-o como veículo de representação e afirmação dos povos lusófonos na cultura, nas políticas e também no mercado.

Em seu livro “Deus dará”, Alexandra aborda o passado colonial português, perpassando por temas como extermínio ameríndio, racismo, e a história escravagista de Portugal, contextualizando-a com a atualidade. Na obra, a autora - que também é jornalista - expõe o Rio de Janeiro como “uma sociedade muito ao Deus-dará”, denunciando a realidade de pessoas pobres, negras, sujeitas à violência diária e abandono. Alexandra Lucas Coelho mantém uma forte ligação com o Brasil, tendo publicado, em 2013, a obra Vai, Brasil, um livro de crônicas de viagens da escritora ao país, em 2010. Confira aqui toda programação da Fundação Pedro Calmon na Flipelô.

FLIPELÔ - Realizada pela Fundação Casa de Jorge Amado, em co-realização com o Sesc, a FLIPELÔ conta com o apoio financeiro do Ministério da Cultura e Instituto CCR, através da Lei Rouanet, e Governo do Estado da Bahia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.