Centro de Memória

06/10/2017 09:00

Conversando com a sua História terá palestra sobre as contribuições do Terreiro do Bate Folha

CSH

Evidenciar as formas de representações religiosas e sociais do Terreiro de Candomblé Congo-Angola do Bate Folha, em Salvador, será o intuito principal da palestra que acontecerá na terça-feira (10), às 17h, na Biblioteca Central do Estado da Bahia, no Espaço Xisto.

Apresentada pelo Dr em História Social pela Universidade Federal da Bahia, Erivaldo Sales, a palestra integra o tradicional Conversando com a Sua História, do Centro de Memória da Bahia, com o tema “Por uma História Social do Candomblé Congo-Angola na Bahia: contribuições do Terreiro do Bate Folha na primeira metade do século XX”.

Na ocasião, Erivaldo discutirá a passagem do espaço terreno (propriedade) para espaço terreiro (lugar de resistências e práticas religiosas). Além disso, vai incorporar em sua fala a compreensão das experiências do tata fundador do terreiro, Manoel Bernadino da Paixão, envolvendo circunstâncias de perseguições, práticas de cura, afetos e desafetos, que ajudam a dar visibilidade do universo afro-religioso baiano.

Erivaldo Sales é mestre em Letras – Literatura e Cultura pela UFBA, e atualmente é professor de História do Instituto Federal da Bahia (IFBA) e do curso de Especialização em Estudos Étnicos Raciais na mesma instituição.

CMB - O Centro de Memória da Bahia (CMB), unidade da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA), tem como objetivo a difusão da história da Bahia, através da preservação e ordenação de arquivos privados e personalidades públicas, bem como a realização de exposições, seminários e cursos de formação gratuitos. Entre suas funções, é responsável pelo Memorial dos Governadores Republicanos da Bahia (MGRB), localizado no Palácio Rio Branco, no Centro Histórico de Salvador.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.