Centro de Memória

10/11/2017 16:55

#NovembroNegro Começou a Exposição Itinerante O Navio Negreiro – Hansen Bahia e Castro Alves

Abertura da Exposição Itinerante O Navio Negreiro - Castro Alves e Hansen Bahia

Foto: Fernanda Campos

O Centro de Memória da Bahia (CMB), unidade da Fundação Pedro Calmon/SecultBA, apresentou a Exposição Itinerante O Navio Negreiro - Hansen Bahia e Castro Alves. Esta exposição é fruto de uma emenda parlamentar da Senadora Lídice da Mata, através do Ministério da Cultura, e conta com o apoio da Fundação Hansen Bahia e da Diretoria de Espaços Culturais (SUDECULT/SecultBA).

Estiveram presentes na cerimônia de abertura, a secretaria de cultura, Arany Santana, o diretor geral da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo, o diretor do Centro de Memória da Bahia, Rafael Fontes, o curador da exposição, Ayrson Heráclico e o presidente da Fundação Hansen Bahia, Elias Gomes.

#NovembroNegro Começou a Exposição Itinerante O Navio Negreiro – Hansen Bahia e Castro AlvesO diretor do CMB, Rafael Fontes, reforçou o papel da exposição itinerante. “O trabalho do Hansen leva a gente a fazer uma reflexão sobre esse marco. A história precisa ser pensada e discutida nos dias de hoje. Por isso, a exposição itinerante levará para as cidades oficinas, debates e discussões sobre o que foi a escravidão”, reforçou.

De acordo com o curador da exposição, Ayrson Heráclico, essa obra de Hansen Bahia é única, “porque ninguém nunca ilustrou um poema inteiro”. Inspiradas pelo poema O Navio Negreiro de Castro Alves, Hansen Bahia des

creve em imagens a violência contra os africanos subjugados de escravos vindos nos porões dos navios.

O presidente da Fundação Hansen Bahia, Elias Gomes, agradeceu a todos que trabalharam para que essa exposição saísse do papel e anunciou que já existe outra parceria com a Fundação Pedro Calmon. “Já estamos trabalhando em conjunto para trazer um livro catálogo da obra de Hansen para o Brasil”, anunciou.

O diretor da FPC, Zulu Araújo, reforçou a dimensão da exposição e o empenho da senadora Lídice da Mata “que graças a ela, a exposição poderá ser vista em mais de 12 cidades do estado da Bahia”. “É uma honra abrir essa exposição no Teatro Castro Alves. Nada mais emblemático como trazer para dentro do TCA a maior obra do poeta Castro Alves, sob as vistas de outro grande artista que é o Hansen”, concluiu.

Abertura da Exposição Navio Negreiro - Castro Alves e Hansen Bahia

Foto: Fernanda Campos

A secretária de Cultura, Arany Santana, ressaltou a importância da exposição afirmando “que não é para relembrar com dor a época da escravidão, mas para refletir o que foi essa tragédia e dê força para a população enfrentar o momento em que estamos vivendo”.

No dia 13 e 14 pela manhã os alunos do Colégio Manoel Novaes participarão de uma oficina e por isso, a visitação para a exposição acontecerá pela tarde a partir das 12h até às 18h. Depois de Salvador, a próxima cidade a receber a exposição será São Francisco do Conde de 21 a 25 de novembro.

Confira roteiro completo da Exposição Itinerante - O Navio Negreiro:

9/NOV a 19/NOV - SALVADOR

Local: Teatro Castro Alves

21/NOV a 25/NOV - SÃO FRANCISCO DO CONDE

Local: UNILAB

27/NOV a 02/DEZ - SANTO AMARO

Local: Teatro Dona Canô

04/DEZ a 12/DEZ - ALAGOINHAS

Local: Centro de Cultura de Alagoinhas

16/DEZ a 02/JAN - JUAZEIRO

Local: Centro de Cultura João Gilberto

06/JAN a 23/JAN - FEIRA DE SANTANA

Local: Centro de Cultura Amélio Amorim

27/JAN a 13/FEV - JEQUIÉ

Local: Centro de Cultura ACM

17/FEV a 04/MAR - VITÓRIA DA CONQUISTA

Local: (Re) Conquista - Memorial Governador Regis Pacheco

09/MAR a 18/MAR - PORTO SEGURO

Local: Centro de Cultura de Porto Seguro

23/MAR a 01/ABR - ILHÉUS

Local: Teatro Municipal de Ilhéus

06/ABR a 16/ABR - ITABUNA

Local: Centro de Cultura Adonias Filho

20/ABR a 29/ABR - VALENÇA

Local: Centro de Cultura Olívia Barradas

04/MAI a 15/MAI - CACHOEIRA

Local: Fundação Hansen Bahia

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.