Livro e Leitura

15/05/2018 15:50

Valorização da mulher negra na literatura é discutida na Festa Literária de Ilhéus

Bate-Papo

“Na Bahia, há cerca de 50 mulheres negras escritoras contemporâneas e o público, em geral, não a conhecem”, disse a pesquisadora Calila das Mercês que participará do debate com o tema A participação da mulher negra na literatura, na Festa Literária de Ilhéus.

De acordo com Mercês, “é contraditório a Bahia ter poucas escritoras negras já que é um local com tantas características afrodescendentes”. Sobre esse assunto, a escritora tem o projeto Escritoras Negras da Bahia, o qual vai debater na Festa Literária juntamente com a pesquisadora Dayse Sacramento que apresentará resultados do seu projeto Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras.

O evento que acontece na sexta-feira (18), será discutido sobre o mapeamento, diagnóstico e ausência da mulher negra na literatura e seu silenciamento em expressar a arte, assim como sua valorização em participações de eventos. O projeto de Sacramento se propôs a criar uma cena de debates e reflexões sobre a violência contra as mulheres negras, aliada a uma ótica das insubmissões destas mulheres.

O debate será no Teatro Municipal de Ilhéus, às 10h, e mediado pela profª. Marialda Silveira, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Para a diretora do Livro e da Leitura (DLL), da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, Bárbara Falcon, “esse tipo de debate é essencial para contribuir com a divulgação do trabalho de poetas, contistas, romancistas, cordelistas, raramente visibilizados”, afirma Bárbara.

Veja a programação completa, clique aqui.
Serviço:

O que: Debate sobre A participação da mulher negra na literatura, na Festa Literária de Ilhéus;
Quando: 18 de maio;
Onde: Teatro Municipal de Ilhéus.

Diretoria - Ligada à Fundação Pedro Calmon/SecultBA, a Diretoria do Livro e Leitura (DLL) é responsável pela execução e implementação das políticas públicas de fomento ao livro e estímulo à leitura. Está em seus objetivos incentivar a prática da leitura, promovendo eventos do setor, como leituras públicas com autores, oficinas de leitura, seminários, feiras, palestras e conferências sobre obras, autores e tópicos importantes da Literatura. Também compete à DLL a promoção do livro, fomentando a produção editorial, elaborando prêmios literários e editais que proporcionem às editoras o acesso a recursos públicos que permitam às mesmas aumentar e diversificar a produção de livros no Estado, dentre outras ações que integram os objetivos do Plano Estadual do Livro e Leitura (PELL).
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.