Bibliotecas

05/07/2019 16:00

Fundação Pedro Calmon recebe obras da escritora Myriam Fraga

1

Myriam Fraga faleceu em 2016, mas deixou uma obra com mais de 20 livros publicados entre poesia e prosa onde privilegiava a figura feminina. Com o intuito de preservar a memória e o legado da poetisa baiana, a Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA) vai receber um conjunto de obras da escritora na próxima quarta-feira (10).

A assinatura do termo de entrega acontece às 17h30 na Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/ Barris), marcando a abertura da Poesia É Coisa de Mulheres, exposição sobre a vida e obra de Myriam Fraga, disponível até o dia 31.

O evento contará com a presença do diretor da FPC, Zulu Araújo, e a coordenadora editorial da Fundação Casa de Jorge Amado, Bete Capinan, também amiga de Myriam - e quem incentivou a doação do acervo à Fundação. Ao todo, serão 20 conjuntos com 18 painéis com obras da escritora que seguirão para as bibliotecas públicas e salas de leitura do Estado.

Bete Capinan conta que a ideia surgiu após repercussão da exposição na Galeria Solar Ferrão e achou interessante que o tributo fosse realizado também em outros locais. “No começo fiquei pensando como seria uma logística para chegar às cidades, e aí eu lembrei que a Fundação Pedro Calmon tem um trabalho extraordinário com as bibliotecas. Nada mais justo que fosse a Fundação que levasse este trabalho adiante”, diz Bete.

Para o diretor geral da FPC, Zulu Araújo, “a FPC se sente honrada e gratificada por poder ter em seu acervo poemas tão belos e profundos quanto foi a vida de Myriam Fraga”.

Sobre Myrian Fraga - Começou a publicar poemas em jornais e revistas no final da década de 1950. Foi colunista do jornal A Tarde (1984-2004) e foi a primeira diretora da Fundação Casa de Jorge Amado. Entre 1980 e 1986, esteve à frente de projetos pioneiros na Fundação Cultural do Estado da Bahia e foi responsável pelo projeto de criação do Centro de Estudos de Literatura, hoje Departamento de Literatura. Com poemas traduzidos para o inglês, espanhol, francês e alemão, participou de diversas antologias no Brasil e no exterior. Myriam foi membro efetivo da Academia de Letras da Bahia e membro da Associação Baiana de Imprensa.


Serviço:

O quê: Assinatura do termo de doação e Exposição Poesia É Coisa de Mulheres;

Quando: 10 a 31 de julho; às 17h30.

Onde: Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris).

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.