Fundação Pedro Calmon

20/09/2021 08:30

Música negra nas Américas é tema do Boca de Afofô

 podcast04


Sob o tema Histórias sonoras: Música negra nas Américas, o quarto episódio do podcast Boca de Afofô conta com a presença de Fabrício Mota, mestre em Estudos Étnicos e Africanos (UFBA) e pesquisador sobre musicalidades, Diáspora, identidades e antirracismo. 


O episódio debate musicalidade na Diáspora negra e as influências africanas na formação da música brasileira, em especial da música baiana. Para Fabrício, “a relação com a música é fundamental para um processo de formação de um senso de negritude, de pertencimento negro”. 


Fabrício também aponta como o processo de escravização dos povos africanos nas Américas nos deixou como legado uma multiplicidade de ritmos e sons,  muito presente em nossas vidas, festas e danças cotidianas. O historiador ressalta como novas formas de negritude vão se erguer a partir dos movimentos musicais, “existem gêneros musicais que trouxeram novas cores e perspectivas para se pensar a negritude.”, ressalta.


O podcast Boca de Afofô é uma idealização da Biblioteca Virtual Consuelo Pondé (BVCP), unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBa). Oferecendo discussões com a presença de convidados que são referências em suas áreas de estudo, o projeto visa aproximar o público e aprimorar o conhecimento com temáticas de relevância  social e cultural. Para saber mais, acesse o site da Biblioteca Virtual Consuelo Pondé e ouça o podcast. Disponível também nas principais plataformas de Streamings.


Sobre Fabrício Mota - É professor de História do IFBA, mestre em Estudos Étnicos e Africanos UFBA, atua ainda como músico, de formação autodidata, desde os anos 90, experiência que, associada ao trabalho acadêmico e docente, tem potencializado o envolvimento com pesquisas sobre musicalidades, Diáspora, identidades e antirracismo.  Dentre outras obras, é autor do livro Guerrei@s do Terceiros mundo: Identidades Negras na Música Reggae da Bahia. 2012. 


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.