Arquivos

24/05/2018 17:10

Programação do VIII Encontro Baiano de Arquivos Municipais debate sobre o uso de metodologias de arquivamento

Programação do VIII Encontro Baiano de Arquivos Municipais debate sobre o uso de metodologias de arquivamento

A importância dos arquivos e seu papel na sociedade serão debatidos no VIII Encontro Baiano de Arquivos Municipais (EBAM), de 06 a 08 de junho.


A cerimônia de abertura terá representantes do Tribunal de Contas dos Municípios; do Ministério Público do Estado da Bahia; da União de Prefeitos da Bahia (UPB); assim como da Assessoria de Arquivos Municipais (APEB/FPC); da Superintendência de Territorialização da Cultura da Secult/BA; da Associação dos Arquivistas da Bahia; entre outros.


O evento que acontece no Arquivo Público do Estado da Bahia iniciará com a conferência “As dimensões da autonomia municipal e os arquivos”, ministrada pela professora da Universidade de São Paulo (USP), Ana Maria Camargo, que é referência nacional e internacional sobre a temática. Ela é membro da câmara setorial sobre arquivos municipais do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ) e compartilhará suas experiências na área.


Além disso, entre outras atividades, terá a mesa redonda sobre O lugar do arquivo na sociedade e o minicurso Tipologia documental como método para a organização de documentos acumulados em arquivos municipais, com a professora Ana Célia Rodrigues, da Universidade Federal do Fluminense (UFF), que é experiente em gestão da informação.


De acordo com a organizadora do evento e assessora de arquivos municipais, Ana Cláudia Cupertino, “o evento visa fortalecer o diálogo e a integração de gestores, além de identificar as necessidades para a criação de metodologias de arquivamento”, afirmou. Ainda segundo ela, “o encontro irá apoiar a formulação de Políticas Municipais voltadas para a preservação e ao acesso do patrimônio de documentos da Bahia”, acrescentou.


O encontro que visa estabelecer uma interlocução entre gestores e servidores municipais conta com uma programação voltada para a importância da preservação e o acesso a documentos.


As inscrições podem ser realizadas através do hotsite e as mesmas estão sujeitas a avaliação e confirmação. Caso não tenha a inscrição confirmada, o interessado pode participar como ouvinte, porém não terá direito a certificado.


Veja a programação completa e se inscreva, clique aqui.


Arquivo Público – Com 128 anos, o Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), unidade da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA), é a segunda mais importante instituição arquivística pública do país. Em seu extenso e rico patrimônio estão custodiados documentos produzidos e acumulados no período colonial, monárquico e republicano brasileiro, que são diariamente consultados por pesquisadores de todo Brasil e de outros países. Um acervo organizado e estruturado desde 1890, quando o então governador do Estado da Bahia, Manoel Victorino Pereira, por meio de Ato, criou o Arquivo Público.


Serviço
O que: Programação do VIII Encontro Baiano de Arquivos Municipais debate sobre o uso de metodologias de arquivamento;
Quando: 06 a 08 de junho;
Onde: Arquivo Público do Estado da Bahia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.