Arquivos

06/12/2018 14:30

Conferência debate técnicas para organização e acesso de documentos

Conferência debate técnicas para organização e acesso de documentos

Foto: Suzana Andrade

Na tarde desta quarta-feira (05), o Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB) recebeu arquivistas, professores, pesquisadores e estudantes para conferência sobre organização de informações e documentos, proferida pelo professor Renato Tarcísio Sousa, da Universidade de Brasília (UNB).

Com o tema “A Indexação e a Criação de Taxonomias para Documentos de Arquivo: proposta para a expansão do acesso a integração das fontes de informação”, o palestrante destacou o significado e a importância da função de classificar documentos no âmbito da gestão pública ou privada, além de salientar que a organização destes tem sido um dos maiores desafios da arquivística contemporânea.

“Essa área ganhou impulso com a Lei 12.527 de Acesso à Informação, pois os gestores tiveram que se movimentar para tornar documentos acessíveis ao público”, afirmou Renato Tarcísio. Ainda segundo ele, “é fundamental estarmos discutindo a melhor forma de fornecer à sociedade informações sobre a sua própria trajetória para que, daqui a 100 anos, as pessoas lembrem como foi o país”, acrescentou o palestrante.

A APEB tem sensibilizado os órgãos e entidades da administração pública estadual no que tange o significado e a importância da classificação de documentos. Neste sentido, foi realizado assistência técnica a diversos órgãos com a finalidade de criar e institucionalizar Planos e Códigos de Classificação. Para a diretora do Arquivo Público, Teresa Matos, “esse evento é importante para dar visibilidade a técnicas de arquivamento. Estamos sempre promovendo encontros que sensibilizem esse caminho, potencializando o acesso a documentos”, disse ela.

De acordo com o arquivista da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Cláudio Rodrigues, “é relevante estarmos aqui debatendo esse assunto, pois são necessárias técnicas de acesso a fontes de informações. O APEB tem um protagonismo nessa área, o qual sempre tem promovido encontros para melhorar nosso trabalho”, destacou Rodrigues.

O Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), localizada na Baixa de Quintas, oferece atendimento presencial e à distância, emissão de certidões, visitas monitoradas, gestão de documentos e orientação técnica aos arquivos públicos municipais, além de palestras, ciclos de debates, visitas guiadas, base de dados para pesquisadores. O Arquivo Público reúne documentos textuais, manuscritos e impressos, produzidos no período Colonial, Monárquico e Republicano. O APEB funciona de segunda à sexta das 8h30 às 17h.

Mais informações, siga-nos nas redes:

facebook.com/fpedrocalmoninstagram.com/fpedrocalmontwitter.com/fpedrocalmonyoutube.com/fpedrocalmonflickr,com/fpedrocalmon

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.