Arquivos

27/03/2019 17:50

Encontradas peças históricas em obra na sede do Arquivo Público

1
Fotos: Mauro Akin/Jornal Correio


Durante a obra de preparação do terreno referente a construção do refeitório da sede do Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBa), operários da reforma acharam fragmentos de peças dos séculos XVII ao XIX.

A obra de recuperação da sede começou no dia 6 de janeiro.  E, entre os dias 19 e 20 de fevereiro, foram encontradas cerca de 130 peças, entre elas estruturas metálicas, cadeados, cachimbos, moedas e cerâmicas.

O plano de execução da obra, além da construção de anexo para refeitório, contempla a reforma dos depósitos e sanitários, reforma na instalação elétrica, instalação de circuito fechado de TV, pintura geral, recuperação de janelas e portas, entre outros itens.

De acordo com o diretor geral da FPC, Zulu Araújo, a sede do APEB é um patrimônio histórico do Brasil, “porque além de ter sido sede dos jesuítas, hoje abriga uma grande parte da história do país e da Bahia”. Ainda de acordo com o diretor, “ao encontrar estes artefatos, temos a certeza de que os achados fazem parte da nossa história e que precisam ser levadas ao órgão responsável, que neste caso é o Iphan”, afirmou Zulu.


2 3
Fotos: Mauro Akin/Jornal Correio


Atendimento - Devido às obras em execução está suspenso, em caráter temporário, o atendimento presencial e à distância, assim como as visitas educativas e técnicas. O término das suspensões aos atendimentos, assim como antecipação ou prorrogação, dependerá do cronograma a ser definido pela empresa executora das obras. O APEB, é considerado a segunda instituição arquivista pública mais importante do país. Em primeiro lugar destaca-se o Arquivo Nacional do Brasil, vinculado ao Ministério da Justiça.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.