Política Cultural

04/10/2019 17:14

Projeto aprovado no Edital de 2016 capacitou agentes de leitura e visitou 400 residências

1

Formar mediadores de leitura e incentivar o hábito de ler no ambiente familiar, no município de Madre de Deus. Esse foi o objetivo do projeto Lê pra Mim que foi um dos selecionados no Edital Setorial de Cultura de 2016.

 

Para Cláudio Silva de Jesus, um dos proponentes do projeto, a estratégia era capacitar os agentes de leituras e leva-los às casas dos moradores. "Filhos de marisqueiras e de pescadores ouviam as histórias narradas e ficavam interessados em ler livros". Ao todo foram 400 residências visitadas pelos agentes. Ainda, segundo Cláudio, após as visitas, houve um aumento no número de visitantes na biblioteca municipal da cidade. Nos últimos três anos foram mais de 10 mil acessos na unidade, garantiu.

 

Quem estiver interessado em enviar o propostas para os Editais Setoriais de 2019, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), o prazo se encerra na próxima terça-feira (08). O objetivo dos editoriais é viabilizar iniciativas culturais e artísticas nas mais diversas áreas.

 

Dos 19 eixos indicados no edital, quatro contemplam o eixo temático da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBa). O Edital Setorial de Apoio à Publicação de Livros por editoras baianas; Edital Setorial de Apoio às Bibliotecas Comunitárias; Edital Setorial de Incentivo à Leitura - Formação de Leitores e Mediadores; e o Edital Setorial de Arquivos – Restauração, Digitalização e Promoção de Acervos Privados de Interesse Público.

 

 


2   3

 


Inscrições - As inscrições para os Editais Setoriais poderão ser realizadas pela internet, por meio do Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura - Clique Fomento, disponível no site siic.cultura.ba.gov.br. Para alguns editais, é possível se inscrever também por meio físico, através de envio de formulário devidamente preenchido, em envelope lacrado e identificado (destinatário, nome do edital e nome da proposta), por Sedex dos Correios, serviço similar, ou carta registrada com aviso de recebimento (AR), para Rua Chile, 22, Caixa Postal 51 - Agência Central Salvador, Praça da Inglaterra, s/n, Comércio, CEP 40.020-970, Salvador - BA.

 

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em quatro (4) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural e Editais Setoriais.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.