Bibliotecas

07/10/2019 17:40

Edições da Revista Organismo são lançadas com presença de escritores renomados

1


Para além de espaços para a leitura, as bibliotecas públicas também atuam como referenciais em eventos literários. Neste sentido, a Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris) abre suas portas para  lançamento das 8ª e 9ª edições da Revista Organismo, nesta quinta-feira (10), às 18h.

Na ocasião, marcam presença nomes de destaques da literatura nacional, como os escritores e organizadores do evento Lívia Natália, Ricardo Aleixo e Evanilton Gonçalves. Eles batem papo sob o tema “Contemporaneidades negras nas literaturas brasileiras”, mediado por Silvana Carvalho, no Quadrilátero da biblioteca.

De acordo com a diretora da BCEB, Naiara Malta, a proposta é fazer com que a unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBa) esteja mais próxima da literatura no sentido de ser reconhecida como espaço de produção, além do lazer.  “Queremos que a biblioteca passe a ser um espaço de referência em lançamentos literários, sobretudo baianos, para dar esse destaque e valorizar as produções da Bahia”, explica a diretora.

É o caso das publicações impressas da Revista Organismo, que é uma das maiores sobre literatura contemporânea do Brasil e apresenta nos novos números, textos de importantes poetas e escritores brasileiros abordando temáticas como a emancipação feminina, negritude, periferia dentre outras.

Para o editor da revista, Jorge Augusto, que também é escritor e poeta, realizar o evento na unidade é uma questão política. “A Biblioteca Central é um lugar histórico de conexão do povo com a leitura e com a cultura em geral. Movimentar a biblioteca e mobilizar os agentes de letramento em leitura e literatura é um dever ético de todo agente cultural no campo literário”, conclui Jorge. 

Neste dia, 200 exemplares da revista vão ser distribuídos ao público, financiados pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). E ainda, haverá comercialização de outras publicações da Editora Segundo Selo, parceira literária da Editora Organismo.


A Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB), localizada nos Barris, oferece orientação às pessoas com deficiência visual, seminários, palestras, visitas guiadas e técnicas, exposições, orientação à pesquisa, espetáculos musicais, saraus e recitais. Com 208 anos de existência, é a biblioteca mais antiga da América Latina e primeira pública do Brasil. Atualmente conta com um acervo de 600 mil exemplares, distribuídos por setores como Braille, Infantil, Pesquisa/Referência, Obras Raras e Valiosas, Documentação Baiana, Artes e Audiovisual. A biblioteca funciona de segunda a sexta das 8h30 às 19h e aos sábados das 8h30 às 13h.

Serviço:

O quê: Lançamento da 8ª e 9ª edição da revista da Editora Segundo Selo.
Quando: Quinta-feira (10), às 18h.
Onde: Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris).

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.