Bibliotecas

04/12/2019 12:10

Evento que visibiliza novas narrativas literárias movimenta o bairro dos Barris

1


Com o objetivo de valorizar as escritas periféricas, a Biblioteca Central da Bahia (BCEB/Barris), na sexta-feira (06), abre espaço para apresentação de jovens poetas do bairro da Liberdade.

 

Para Naiara Malta, diretora da unidade, ter esse evento na biblioteca significa abrir espaços para outras literaturas. “Receber essas novas narrativas é dá visibilidade a essas produções, a academia pode não considera-las, mas fazem parte da nossa cultura”. 

 

Audelina Macieira, mediadora do evento, considera a biblioteca um espaço democrático e de expansão do conhecimento. Para ela, ter esse evento proporciona a inserção e permanência de jovens nesse ambiento literário. “Os espaços públicos ofertam um ambiente que favorece e incentiva novas criações [...]. Os jovens sentem a biblioteca e se identificam”. O evento começa às 17h e é aberto ao público.

 


A Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB), localizada nos Barris, oferece orientação às pessoas com deficiência visual, seminários, palestras, visitas guiadas e técnicas, exposições, orientação à pesquisa, espetáculos musicais, saraus e recitais. Com 208 anos de existência, é a biblioteca mais antiga da América Latina e primeira pública do Brasil. Atualmente conta com um acervo de 600 mil exemplares, distribuídos por setores como Braille, Infantil, Pesquisa/Referência, Obras Raras e Valiosas, Documentação Baiana, Artes e Audiovisual. A biblioteca funciona de segunda a sexta das 8h30 às 19h e aos sábados das 8h30 às 13h.



Serviço:

O que: Declama Salvador.

Quando: 6 de dezembro.

Onde: Biblioteca Central do Estado da Bahia, Barris.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.